• Novo

Chip Gravação/Reprodução de Voz - ISD1820

MEMVOZISD1820
R$ 2,64

Esse chip ISD1820 permite a gravação/reprodução de áudio/voz de 8 a 20 segundos de duração.

Frete e Prazo

Esse chip ISD1820 permite a gravação de áudio/voz de 8 a 20 segundos de duração e reprodução da mensagem armazenada em memória não volátil, ou seja, mesmo sem energia a mensagem continuará salva. Portanto para novas gravações a mensagem será sobreposta.

O chip ISD1820 permite a criação de um sistema minimalista de gravação e reprodução de áudio, permitindo que mensagens simples sejam adicionadas a qualquer dispositivo ou projeto eletrônico. Seja um projeto escolar, um hobby ou uma integração para um sistema profissional. Se o objetivo é adicionar uma pequena mensagem de áudio, esse dispositivo é a solução mais simples e barata do mercado.


Características:

1. Pode ser operado com tensão DC de 2.4V a 5.5V;

2. Inclui um circuito interno de amplificador de áudio capaz de lidar com um alto-falante de 8Ω (0,5W) diretamente em sua saída;

3. Funciona com um microfone de eletreto padrão como detector de áudio ou voz de entrada;

4. O tempo máximo de gravação e reprodução disponível neste chip é de até 20 segundos;

5. É capaz de reter a mensagem de áudio nele infinitamente, mesmo enquanto o chip está no estado sem energia.

6. Os ciclos de gravação-reprodução e apagamento podem ser implementados até 100.000 vezes sem qualquer forma de degradação;

7. Reprodução de voz de alta qual.

 
Pinagem do chip: datasheet

ISD1820PY datasheet do pinout



Especificações
:

PINO 1) REC (Gravação) - quando esse pino estiver sendo mantido em sinal alto, habilita-se o processo para gravação da mensagem. Um ciclo de gravação encerra-se quando o nível no pino é colocado em estado baixo. REC tem precedência sobre qualquer sinal de reprodução (PLAYE ou PLAYL);

PINO 2) PLAYE (Reprodução ativada por nível alto) - quando esse pino detecta um pulso alto, inicia-se a reprodução da mensagem gravada até encontrar o EOM (End-of-Message ou fim da mensagem) ou então até o fim da memória do chip ser atingida;

PINO 3) PLAYL (Reprodução ativada por uma transição de um pulso alto para baixo) - quando esse pino detecta um pulso de transição, inicia-se a reprodução da mensagem gravada até encontrar o EOM (End-of-Message ou fim da mensagem) ou então até o fim da memória do chip ser atingida;

PINO 4) MICROFONE - pino de entrada de um microfone, que será responsável por captar os sinais de áudio e transferir para o pré-amplificador no chip. Através desse pino pode-se conectar um microfone de eletreto externo, por exemplo, para realizar a gravação do áudio. O microfone deve estar acoplado através de capacitor em série. O valor do capacitor junto com uma resistência interna de 10 KΩ neste pino, determina o ponto de corte de baixa frequência;

PINO 5) MICREF (Referência do microfone) - esse pino é uma entrada inversora para o pré-amplificador de microfone. Isso fornece cancelamento de ruído de entrada ou rejeição no modo comum, quando o microfone está conectado diferencialmente ao dispositivo;

PINO 6) AGC (Automatic Gain Control - Controle Automático de Ganho) - esse pino dinamicamente ajusta o ganho do pré-amplificador para compensar a ampla gama de níveis de entrada do microfone. O AGC permite uma gama completa de sons, desde sussurros a sons altos, a serem gravados com o mínimo de distorção. Capacitores de 4,7µF conectados a esse pino dão resultados satisfatórios na maioria dos casos. A conexão deste pino ao terra (VSSA) fornece ganho máximo no circuito do pré-amplificador. Por outro lado, conectar esse pino à alimentação (VCCA) fornece ganho mínimo para o circuito pré-amplificador;

PINOS 7 e 9) SP- e SP+ (Saída para ALTO-FALANTE) - esses pinos fornecem conexões direta para alto-falante com impedância de 8Ω (0,5Watt);

PINOS 8 e 14) VSSA e VSSD (Suprimentos de aterramento) - os circuitos analógicos e digitais internos do chip utilizam barramentos de terra separados para minimizar ruídos. Esses pinos devem estar conectados o mais próximo possível do dispositivo;

PINO 10) ROSC (Resistor Controlled Oscillator Input - Entrada do Oscilador Controlado por Resistor) - esse pino permite ao usuário variar o registro de duração da reprodução. Substituindo o resistor conectado entre o pino ROSC e VSS (R2) de 100KΩ para 200KΩ, é possível estender a capacidade de gravação do chip para até 20 seg;

PINO 11) VCC (Fontes de tensão) - os circuitos analógicos e digitais interno do chip utilizam energia separada no barramento para minimizar ruídos. Esses pinos devem estar conectados o mais próximo possível da alimentação;

PINO 12) FT - Feed Through: este modo permite o uso dos drivers de alto-falante para os sinais externos;

PINO 13) RECLED (Record LED Output - Gravar Saída do LED) - manter a saída nesse pino em nível baixo durante um ciclo de gravação. Ele pode ser usado para acionar um LED, indicando que um ciclo de registro está em andamento. Pulsos baixos momentâneos nesse pino indicam o EOM (End-of-Message - Fim da Mensagem) ou então o fim de memória do chip foi atingida.

Características

40 Itens

Comentários

Não há comentários